O terceiro dia do 9º Muticom iniciou com a Santa Missa presidida por Dom Rubens Sevilha, Bispo auxiliar da Arquidiocese de Vitória e concelebrada pelos demais bispos, padres, diáconos e seminaristas presentes.

“Quero a misericórdia e não o sacrifício”.

Dom Sevilha ressaltou que o comunicador deve revestir-se de humildade e conteúdo senão a comunicação torna-se vazia. Revestir-se de misericórdia.

Afirmou que o problema não está na máquina, mas no ser humano que está à frente dessa máquina. O indivíduo que controla a máquina deve ter responsabilidade.

Fez um questionamento para a assembleia de comunicadores: _ Você está procurando comunicar a boa nova de Deus?

Se não tiver alma e conteúdo vai virar exibicionismo porque existe a tentação de mostrar a si mesmo. Se o comunicador não for uma pessoa de Deus não vai conseguir comunicar Deus e sua misericórdia, exortou.

Concluiu dizendo que não somos nós que conduzimos a história, mas Deus, então devemos sempre deixar o Espirito de Deus nos conduzir.

Texto: Soeli Uliana