Desenvolvida voluntariamente por um dos integrantes, a logomarca contempla referências importantes relacionadas à fé da juventude da Paróquia

Muito atuante dentro da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, o Grupo de Jovens tem atraído cada vez mais participantes. O apelido “GJ”, abreviação de Grupo de Jovens, gradativamente tornou-se popular e também a principal forma de referência aos jovens da Paróquia, como unidade dentro da igreja.

Com o fortalecimento do grupo, os integrantes sentiram necessidade de ter algo que os representasse de forma gráfica, um logotipo que fosse capaz de representar sua identidade e atividades.

Integrante do grupo, o designer gráfico Maurício Corrêa foi o responsável pelo projeto. Segundo ele, o processo de criação buscou inspiração nas atividades em que os jovens estão engajados: adoração, terço, estudo bíblico, retiros e também projetos sociais. “O objetivo é que haja uma identidade visual que represente por completo o papel do jovem, especificamente na nossa igreja”, explica.

Outro detalhe destacado por ele é o visual despojado e cheio de atitude do logotipo, características que definem, de forma geral, o que é ser jovem. “A solução encontrada envolveu uma série de símbolos de grande relevância para os jovens dentro de formas visuais arrojadas e cores que vibram e se relacionam intensamente com a igreja”, acrescentou.

Confira abaixo a nova identidade visual do Grupo de Jovens e entenda o que significam cada um dos elementos que fazem parte dela.

Logomarca completa

A logomarca apresenta a união entre os símbolos que identificam os jovens da Paróquia, as iniciais pelas quais o grupo é carinhosamente chamado e as cores que remetem ao fogo da juventude, além de serem, também, as cores da logomarca da Perpétuo Socorro.

Ícones

As inscrições do ícone de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, padroeira da Paróquia. Foram apresentados de forma a reforçar a origem do Grupo e o seu sentimento de pertencimento. Eles são consagrados à Mãe do Perpétuo Socorro!

Adoração

Talvez a atividade mais importante realizada pelos jovens, a Adoração ao Santíssimo, representada pelo ostensório do Senhor, o caminho que leva a Ele é o mesmo ornamento desenhado no chão do corredor central da igreja matriz.

Terço

Esta é uma atividade recente dos jovens, porém não menos relevante. O terço é uma das principais ferramentas do católico e os jovens entenderam isso, por isso, se encontram periodicamente para rezá-lo.

Estudo Bíblico

Os monges copistas se prestavam a copiar, à mão, os livros sagrados da Igreja Católica. Esse ícone é a representação da caneta tinteiro, feita de bambu, utilizada pelos monges. Eles talvez foram os primeiros a difundirem os conhecimentos das Sagradas Escrituras, por isso, representam os jovens que se encontram, semanalmente, para o estudo da Palavra.

Retiros

O EJC, Retiro Radical, EAC, EPC e demais retiros, nos quais os jovens estão bastante engajados, são representados pela inscrição “Mais que amigos”. Os retiros unem os jovens de uma forma muito intensa. Neles também têm a oportunidade de serem solidários, como fazem ao participar de projetos, como o 23 de Maio, a campanha do agasalho, a creche dos vicentinos e muito mais. Essa solidariedade é representada pelas mãos estendidas.