Ir à Igreja semanalmente já se tornou parte da rotina de muitos. Mas já pensou em receber a Igreja na sua residência? É justamente esta a proposta do projeto “Missa em sua Casa”, em vigor desde março de 2014 na Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Vila Velha. Através de Celebrações Eucarísticas realizadas dentro de seus condomínios, os moradores da Praia da Costa estão vivenciando uma experiência inovadora. De acordo com eles, além da graça de poder participar da Missa no ambiente onde moram, a oportunidade é também um momento de congraçamento entre vizinhos.

“Aproximar os católicos que moram num mesmo ambiente e que participam da Igreja e levar a palavra de Deus aos católicos afastados.” Com estas palavras, o idealizador do projeto, Padre Anderson Gomes, resume o objetivo da missão, ao mesmo tempo em que convoca a comunidade local a viver a realidade cristã de uma maneira original, na medida em que evangeliza além das quatro paredes da igreja.
A Missa já foi realizada em sete condomínios, cuja seleção acontece por meio de sorteios.

COMO ACONTECE

Para que aconteça, o projeto conta com seis equipes de apoio:

– Coordenadores: Responsáveis pelo calendário e agendamento das Missas, além do acompanhamento das atividades das demais equipes.

– Comunicação: Prepara todo o material de divulgação do projeto, garantindo, junto ao condômino responsável, que o mesmo seja exposto e entregue a todos os moradores. Também recolhe os dados dos moradores através de uma ficha de cadastro.

– Liturgia: Responsável pela Liturgia da Missa.

– Estrutura: Faz toda a montagem e arrumação do local: altar, cadeiras, caixas de som e mesa da Palavra.

– Ministros da Eucaristia: Além de servirem, levam todos os paramentos do altar (cálices, hóstias, alfaias, vinho, etc.)

– Missão: Os membros desta equipe realizam visitas aos moradores que, ao preencherem a ficha de cadastro, manifestam o desejo de serem visitados para um momento de oração, partilha, ou outra necessidade específica.

Para participar, o morador interessado deverá preencher uma ficha de inscrição, e colocá-la, já assinada e autorizada pelo síndico, em uma das urnas das três comunidades: matriz, Comunidade Santo Antônio e Comunidade Santa Luzia.