Clero

Padre Anderson Gomes (Pároco)

Natural de Coronel Fabriciano (MG), padre Anderson Gomes faz parte da nova geração de sacerdotes da Igreja Católica. Mudou-se para o Espírito Santo em 1987. De família religiosa, sempre esteve envolvido em ações da igreja. Na adolescência, participava do Grupo de Jovens na Paróquia Sagrada Família, em Jardim Camburi, Vitória, onde morava.

Na Arquidiocese de Vitória (Aves) foi coordenador da Renovação Carismática Católica (RCC) por dois anos e hoje é Coordenador de Pastoral, auxiliando o arcebispo, Arquidiocese de Vitória do Espírito Santo. Além disso, é o Orientador Espiritual do Movimento Mães que Oram pelos Filhos.

A decisão de ser tornar padre foi recebida com tranquilidade pela família, que apoiou sua escolha. Entrou para o seminário aos 20 anos, sendo ordenado aos 30. Estou Teologia e Filosofia, complementando os estudos posteriormente na Universidade Gregoriana, em Roma. Foi vigário na Paróquia Sagrado Coração de Jesus, em Itaquari (Cariacica), e pároco na Paróquia São Pedro (Vitória). Atualmente está à frente da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

Padre Hugo Pereira de souza (Vigário)

Capixaba, padre Hugo Pereira de Souza nasceu na Santa Casa, em Vitória. Passou a infância e a adolescência sendo criado no município de Cariacica, mais especificamente em Cariacica Sede – onde fica a Paróquia São João Batista. 

Ao narrar sobre sua vocação o sacerdote rememora que os primeiros indícios do caminho a seguir vieram bem cedo, aos oito anos de idade – quando começou a querer fazer o mesmo que o padre de sua paróquia fazia. A ideia foi ganhando ainda mais força com o passar do tempo e aos 18 anos ingressou para o Seminário da Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus em São Paulo. 

Em quatro de abril de 2008 padre Hugo pôde professar os votos religiosos de pobreza, castidade e obediência. Em seguida foi enviado em missão para Juara, Mato Grosso, onde permaneceu por dois anos. O próximo destino foi voltar a Taubaté para cursar quatro anos de teologia para que, finalmente em quatro de janeiro de 2014 pudesse se tornar padre, sendo ordenado onde tudo começou: em Cariacica Sede. 

Após se tornar sacerdote, padre Hugo teve a oportunidade de rever aqueles que tanto colaboraram para sua formação, sendo transferido novamente para Juara – onde permaneceu por dois anos. Em seguida, seu destino seria a cidade de São Paulo, na Paróquia Nossa Senhora de Candelária, no bairro Vila Maria. 

Dois anos mais tarde padre Hugo pediu seu ingresso na Arquidiocese de Vitória para fazer um período de experiência pastoral. Já em terras capixabas o sacerdote passou pelas paróquias São Francisco de Assis, em Jardim da Penha e Santo André Apóstolo, em André Carloni até que chegasse no seu mais novo destino: a Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, onde agora atua como vigário paroquial. 

DIÁCONO JOÃO TOZZI

João Tozzi Sobrinho é Diácono Permanente em nossa paróquia e foi ordenado em 06/07/2013 na Catedral Metropolitana de Vitória.

Sr. João, como é mais conhecido, sempre sonhou ser padre, mas casou-se e sua esposa, que sabia da sua vontade, o ajudou e o apoiou em seu propósito. Iniciou seus estudos na Escola Diaconal São Lourenço ainda casado, mas no meio do curso ficou viúvo, e sobre as duas vocações diz que, são diferentes, mas o amor é igual.

Hoje como diácono da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro ele pode servir também nas Comunidades Santo Antônio e Santa Luzia e lembra que após ser provisionado pelo Bispo seu dever é auxiliar o Pároco em todas as suas necessidades, nunca esquecendo que sua maior missão é viver a caridade.

Um diácono permanente é como o Padre, uma vez ordenado, o é para sempre, mesmo que algum motivo o afaste de suas funções.

Sobre o seu ministério, busca exercê-lo da melhor forma possível, sempre tendo como lema

“ Quem não vive para servir, não serve para viver.”

× Como posso te ajudar?